Buscar
  • Eixo Público

Qual seria a importância da cultura de análise de dados na sua instituição?

Atualizado: 5 de Jul de 2019


Imagem adaptada da web.


Sabemos que no cenário atual as instituições públicas lidam com grandes quantidades de informação e isso demanda uma análise mais precisa dos dados envolvidos. Nesse sentido, há de se tomar devidas atenções, para que sua instituição se desenvolva e atinja seus objetivos, revolucionando a gestão pública. Ao longo deste artigo iremos pontuar algumas ideias que mostrem a importância da criação da cultura de análise de dados, tendo em vista bons insights e tomadas de decisões efetivas.


Mas afinal, o que é uma análise de dados?



A análise de dados nada mais é do que a coleta de um grande volume de dados e informações de um determinado assunto para, assim, obter boas decisões e propor soluções para os problemas encarados no dia a dia, proporcionando economia de escala; redução de carga de gestão; modernização e acessibilidade para a sua instituição.



Exemplo no campo de públicas:


Com a aplicação de análise de dados na área da saúde, o sistema de gestão hospitalar pode usufruir da tecnologia da informação para melhorar o controle de estoque, facilitar a prestação de contas, desenvolver um agendamento de consultas eficiente e auxiliar tarefas de controle de internação.


Nessa perspectiva, dependendo da finalidade que o órgão/instituição anseia, há diferentes maneiras de análise:


  • Análise Descritiva

  • Análise Diagnóstica

  • Análise Preditiva

  • Análise Prescritiva


Análise Descritiva



O objetivo desse modelo é ajudar a tomar decisões imediatas analisando os eventos presentes com base em estatísticas, a fim de solucionar pequenas falhas e compreender o seu impacto na atualidade. Com finalidade de organizar, resumir, explorar e descrever referências essenciais de um conjuntos de fatores observados.


Esse gênero de análise descritiva pode ser aplicado no dia a dia das instituições públicas, por exemplo, a identificação de lapsos em Balanços Patrimoniais, Emissão de NF’s, Comunicação interna e Processos.



Análise Diagnóstica



A medida que a análise anterior busca detalhar ao máximo o resultado em prol de uma informação específica, a diagnóstica tem como intuito obter uma visão mais geral. Sua finalidade é compreender os porquês de um evento, ou seja, analisar a repercussão da ação tomada. A partir disso, pode-se definir estratégias para aprimorar os resultados.


Esse gênero de análise pode ser utilizado em vendas, pois direciona perguntas específicas que podem ser complementadas com a análise preditiva para ampliar a análise de dados.



Análise Preditiva



Essa análise pode ser definida como preventora de cenários futuros baseado nos padrões dos acontecimentos anteriores, tendo como eixo a mineração de dados estatísticos e históricos, para que se tenha expectativas de tendências que influenciarão nas tomadas de decisão.


Esse gênero de análise pode ser abordado nas Ong’s, por exemplo,pela quantidade de Alimento x Crianças Carentes. Nesse caso, o cenário futuro é de que a quantidade de alimentos não suportará a quantidade de crianças, dessa forma, necessitando uma tomada de decisão para reestruturar a entrada de novos membros, com base na análise preditiva.



Análise Prescritiva



Similar a análise anterior, a Prescritiva busca, através da apreensão de dados, entender as consequências de uma tomada específica de decisão. Esse tipo de análise é um pouco mais complexa que os outras por necessitar de diversos fatores internos e externos para compreender o que a ação presente acarretará no futuro. Apesar de ser mais difícil que as outras, a sua aplicação é de suma importância para analisar o contexto de escolha inserido e suas consequências.


No âmbito de políticas públicas, essa análise pode compreender um padrão significativo de problemas sociais em uma determinada região, para delimitar ações que visam melhorar o bem estar dos cidadãos, aplicando-se uma reformulação nas políticas públicas.



O que essa análise de dados sistematizada pode agregar para a sua instituição?



Até agora nós falamos um pouco da importância da cultura da análise de dados, o que é e também algumas formas características de analisar dados. Contudo, é preciso saber o porquê de aplica-lá em sua rotina, pois são muitos os benefícios que ela pode oferecer!


  • Conhecimento dos clientes envolvidos

  • Agilidades nas respostas e tomada de decisões

  • Difusão de resultados

  • Criação de produtos e soluções diferenciadas

  • Identificação de pontos fracos e falhas nos processos

  • Riscos de não fazer a análise de dados em sua instituição/órgão público


O setor público é uma das áreas mais complexas em relação ao planejamento e tomada de decisões que favorecem o bem estar social e sejam efetivas para a sociedade. Por isso, nós vamos falar um pouco sobre os riscos que essa área corre se não mantemos uma cultura de análise de dados da situação em jogo.


Exemplos:

  • Desenvolver produtos e soluções desalinhadas com a necessidade do cliente

  • Não ser exato em decisões estratégicas

  • Oferecer serviços que não resolve o problema


E o mais importante! Deixa-se de se diferenciar em seu ramo, ou seja, o setor público.



E por fim, depois de ler todo esse conteúdo, tudo parece mais claro, correto?



A fim de ter uma estratégia de análise dos dados mais eficiente, sua instituição necessita passar por diversas etapas de análises anteriores. Assim, você irá criar um cultura de análise de dados em sua instituição pública!


As tomadas decisão precisam ser questionadas a partir dos dados, cada ação realizada precisam ser registradas e avaliadas como informações relevantes, para que sejam acordadas em projetos futuros. Somado a isso, temos uma última dica para dar... Reúna seus dados,limpe eles, estruture gráficos e tabelas e comece a enxergar o que eles querem te dizer!


Essa rotina demanda tempo, organização e comprometimento, faça sua parte!


Mas e o nosso país?


O Brasil tem se desenvolvido pouco em relação à cultura de dados, pois ainda são encontrados muitos problemas na gestão pública e nos processos em si que são o resultado de más avaliações e tomadas de decisões equivocadas, visto que os dados não foram analisados corretamente. Não podemos continuar com esse pensamento! O poder está nas suas mãos!


De que forma a sua instituição pública coleta dados para alcançar bons resultados e um ótimo desempenho na gestão pública?


A Eixo Público Consultoria Júnior pode te ajudar!


Nós da Eixo Público Consultoria Jr estamos trabalhando para mudar essa perspectiva no setor público e ajudá-los em seus projetos, auxiliando-os e analisando cada detalhe na gestão pública de São Paulo.



FAÇA UM DIAGNÓSTICO CONOSCO!


131 visualizações

Horário de atendimento 

Atendimento

De segunda à sexta-feira das 8h às 18h

Telefone: (11) 98860-1818

Endereço: Rua Pedro Zaccaria, 1300 -

Jd. Santa Luiza, Limeira - SP, 13484-350

Visite nossas redes sociais!
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • LinkedIn Social Icon